NotíciasBPC

Idosos que recebem o BPC podem estar em RISCO: INSS emite alerta para a possibilidade de GOLPES

No cenário atual de avanços tecnológicos, os golpes virtuais têm se tornado cada vez mais sofisticados e frequentes, atingindo principalmente os mais vulneráveis.

Recentemente, uma nova modalidade de fraude envolvendo o Benefício de Prestação Continuada (BPC) do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) foi identificada no Rio de Janeiro.

Criminosos têm se aproveitado de idosos e pessoas com deficiência, enviando mensagens enganosas que prometem acesso ao benefício, mas que na verdade visam roubar dinheiro das vítimas.

Abaixo, confira o alerta sobre esses golpes e veja orientações para que os beneficiários possam se proteger.

Você recebe o BPC? Fique atento para não cair em golpes envolvendo o benefício!
Você recebe o BPC? Fique atento para não cair em golpes envolvendo o benefício! / Crédito: @jeanedeoliveirafotografia / beneficiodoidoso.com.br

Como têm funcionado os golpes do BPC?

Os golpistas utilizam serviços de mensagens como SMS e WhatsApp para contatar idosos e pessoas com deficiência, informando que estão habilitados a receber o BPC, mesmo sem qualquer solicitação prévia.

Eles marcam um encontro com a vítima e exigem o pagamento de um valor para a liberação do benefício, geralmente através de um boleto bancário.

Esses criminosos preenchem a solicitação do BPC em nome da vítima, agindo como seus procuradores.

Devido à natureza do BPC, que não necessita de perícia médica e requer apenas inscrição no Cadastro Único do governo federal, a facilidade de comprovar baixa renda é explorada pelos fraudadores, especialmente para idosos com mais de 65 anos.

Os detalhes revelados mostram que os criminosos fornecem informações detalhadas e convincentes junto com o boleto de pagamento, exigindo honorários pelo suposto serviço prestado.

Este esquema tem se tornado uma preocupação crescente, pois muitos beneficiários não têm conhecimento sobre os procedimentos corretos do INSS e acabam caindo nessas armadilhas.

Saiba mais: INSS Anuncia Atendimento Extraordinário para o BPC em Julho: Veja o Calendário

Medidas de segurança e prevenção para beneficiários

Para evitar cair em golpes, é fundamental conhecer as estratégias utilizadas pelos criminosos e adotar medidas de segurança.

Primeiramente, os beneficiários devem estar cientes de que o INSS não entra em contato direto solicitando dados pessoais ou documentos por e-mail, SMS ou outras plataformas de mensagens.

Qualquer mensagem não solicitada que peça dados pessoais ou financeiros deve ser tratada com desconfiança.

Utilizar apenas canais oficiais do INSS, como o site e o aplicativo Meu INSS, é uma medida crucial para garantir a segurança.

Desconfiar de mensagens e ligações não solicitadas, especialmente aquelas que exigem informações sensíveis, é essencial.

Confirmar sempre as informações entrando em contato diretamente com o INSS pelo número oficial 135 é uma forma de evitar fraudes.

Especialistas, como o CEO da Carrera Carneiro Corban, que atua com empréstimos consignados, enfatizam a importância da desconfiança e da segurança.

Verificar a procedência de ofertas e serviços apresentados por comunicações não oficiais pode salvar os beneficiários de dores de cabeça e prejuízos significativos.

Agir com prudência e seguir as orientações de segurança pode garantir que os direitos e benefícios sejam protegidos.

Não perca: INSS vai liberar 1.400 NOVAS concessões do BPC em julho; veja COMO garantir sua vaga!

Proteção dos beneficiários do INSS

A segurança dos beneficiários do INSS é essencial. Manter-se informado sobre as formas legítimas de contato utilizadas pelo INSS ajuda a evitar ser vítima de golpes.

Estar sempre alerta e desconfiar de comunicações suspeitas são as principais defesas contra fraudes. Os beneficiários devem educar-se continuamente sobre as práticas seguras e os procedimentos oficiais do INSS.

Além disso, divulgar essas informações entre amigos e familiares pode aumentar a conscientização e prevenir que outras pessoas caiam nos mesmos golpes.

O conhecimento é uma ferramenta poderosa na luta contra fraudes. Compartilhar experiências e alertas sobre golpes conhecidos pode ajudar a proteger uma comunidade maior de beneficiários.

Em conclusão, os golpes envolvendo o BPC do INSS representam um risco sério para idosos e pessoas com deficiência. A conscientização e a adoção de medidas de segurança são fundamentais para proteger os beneficiários.

Utilizar canais oficiais, desconfiar de mensagens não solicitadas e confirmar informações diretamente com o INSS são passos cruciais para garantir a segurança e a integridade dos benefícios. A vigilância constante e a educação sobre práticas seguras são as melhores defesas contra fraudes.

Veja outros: INSS e BPC: Calendário de Atendimento Extraordinário para Julho

Nicole Ribeiro

Formada em Letras - Português pela Universidade do Estado de Minas Gerais, redatora freelancer e revisora de artigos e textos acadêmicos. Apaixonada por gatos e pelo conhecimento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo