NotíciasBenefícios

Idoso com diabetes tem direito a ALGUM benefício do INSS? Confira as regras!

Um idoso com diabetes pode ter muitas dificuldades e, por isso, há a necessidade de receber benefícios.

A aposentadoria é um marco importante na vida de qualquer trabalhador, representando a transição para uma fase onde o descanso e a qualidade de vida se tornam prioridades.

No entanto, para idosos com condições crônicas de saúde, como diabetes, esse processo pode envolver complexidades adicionais.

Entender se e como uma pessoa idosa com diabetes pode se aposentar por invalidez é essencial para garantir seus direitos e assegurar uma transição tranquila e financeiramente estável.

A seguir, conheça as regras da aposentadoria por invalidez, a possibilidade de idosos com diabetes se aposentarem devido à condição e o processo de solicitação da aposentadoria por doenças crônicas.

A diabetes pode ser uma doença incapacitante, mas será que idosos podem se aposentar por ela?
A diabetes pode ser uma doença incapacitante, mas será que idosos podem se aposentar por ela? / Foto: Canva

Regras da aposentadoria por invalidez

A aposentadoria por invalidez é um benefício concedido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a trabalhadores que se tornam permanentemente incapazes de exercer qualquer atividade laboral.

Para ter direito a esse benefício, o segurado precisa cumprir alguns requisitos específicos. Primeiro, é necessário comprovar a incapacidade permanente por meio de perícia médica realizada pelo INSS.

Essa avaliação verifica se a condição de saúde realmente impede o trabalhador de desempenhar suas funções de forma definitiva.

Segundo, o segurado deve ter contribuído para o INSS por um período mínimo de 12 meses, exceto em casos de acidentes de qualquer natureza ou doenças graves especificadas em lei, onde a carência pode ser dispensada.

Por fim, é importante destacar que não existe uma lista predefinida de doenças que garantam a aposentadoria por invalidez; a concessão do benefício depende da comprovação da incapacidade laboral permanente.

Saiba mais: Me aposentei por INVALIDEZ e preciso renovar minha CNH: posso PERDER meu benefício do INSS se fizer isso?

Idosos com diabetes podem se aposentar por invalidez?

Para que um idoso com diabetes possa se aposentar por invalidez, é necessário que a condição crônica tenha evoluído a ponto de causar complicações graves que resultem em incapacidade permanente para o trabalho.

O simples diagnóstico de diabetes, por si só, não é suficiente para garantir a aposentadoria por invalidez.

A avaliação médica deve evidenciar que as complicações decorrentes do diabetes, como neuropatias severas, problemas cardiovasculares graves ou outras condições debilitantes, impossibilitam o segurado de exercer suas atividades profissionais.

Além disso, a incapacidade deve ser comprovada durante a perícia médica do INSS, que analisará os laudos e exames apresentados.

Portanto, enquanto muitas pessoas com diabetes conseguem continuar trabalhando com o gerenciamento adequado da condição, casos em que o diabetes resulta em complicações graves podem, sim, justificar a concessão da aposentadoria por invalidez.

Veja mais: Pagamento do INSS cai no FERIADO? Saiba se você receberá sua aposentadoria HOJE (09)

Como funciona a solicitação da aposentadoria por doenças crônicas?

Para solicitar a aposentadoria por invalidez devido a doenças crônicas como diabetes, o segurado deve seguir alguns passos importantes.

Primeiramente, é necessário acessar o portal Meu INSS e realizar o cadastro, fornecendo as informações pessoais e profissionais solicitadas.

Em seguida, o segurado deve selecionar o benefício desejado e agendar a perícia médica, que é crucial para a avaliação da incapacidade laboral.

No dia agendado, é essencial comparecer à perícia com toda a documentação médica que comprove a condição de saúde, incluindo laudos, atestados e exames detalhados.

Durante a perícia, o médico perito avaliará se a doença crônica incapacita o segurado de forma permanente. Caso a aposentadoria por invalidez seja aprovada, o segurado começará a receber o benefício conforme as regras do INSS.

Se o benefício for negado, o segurado tem o direito de recorrer da decisão, apresentando novos documentos ou solicitando uma nova perícia.

Este processo, apesar de detalhado, visa assegurar que apenas aqueles realmente incapacitados de trabalhar recebam a aposentadoria por invalidez.

Não perca: INSS deve criar plataforma que FACILITA acordos entre segurados e o instituto: CHEGA de brigas na Justiça?

Nicole Ribeiro

Formada em Letras - Português pela Universidade do Estado de Minas Gerais, redatora freelancer e revisora de artigos e textos acadêmicos. Apaixonada por gatos e pelo conhecimento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo