NotíciasBenefícios

Governo propõe criação de UBS especializadas no atendimento aos IDOSOS: entenda como funciona!

Em breve, pode haver UBS especializadas no atendimento de pessoas idosas em todo país.

A saúde da população idosa no Brasil é um tema cada vez mais relevante, dado o rápido envelhecimento da população.

Em meio a essa realidade, a proposta do deputado Padovani (União-PR) para a instalação de Unidades Básicas de Saúde (UBS) especializadas no atendimento aos idosos surge como uma importante iniciativa para melhorar a qualidade de vida dessa parcela da população.

O projeto foi aprovado pela Comissão de Saúde da Câmara e ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça.

A seguir, confira os principais pontos dessa proposta e suas possíveis implicações para a saúde pública no Brasil.

Os idosos que precisarem de atendimento direcionado poderão contar com UBS especializadas.
Os idosos que precisarem de atendimento direcionado poderão contar com UBS especializadas. / Fonte: Canva

Contexto e justificativa da proposta de UBS para idosos

O envelhecimento acelerado da população brasileira é um dos principais motivos para a proposta de criação de UBS geriátricas.

Segundo o deputado Padovani, é essencial oferecer cuidados mais específicos e direcionados para os idosos, um grupo que cresce rapidamente e demanda atenção especial.

Atualmente, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a presença de um geriatra para cada 2 mil habitantes, mas no Brasil essa proporção é de um para cada 12 mil, evidenciando uma carência significativa de especialistas.

Outro ponto importante levantado pelo deputado é que a criação dessas UBS especializadas pode estimular mais estudantes de medicina a optarem pela geriatria.

O parâmetro utilizado para definir a necessidade dessas unidades é a premissa do Ministério da Saúde de uma UBS para cada 4 mil habitantes.

Assim, nas cidades com mais de 10 mil habitantes, a UBS geriátrica seria a terceira unidade, garantindo uma rede de atendimento mais robusta e especializada para os idosos.

Além disso, Padovani destaca que essas unidades receberiam mais recursos e teriam uma equipe multiprofissional. Isso inclui cuidados com a saúde mental e a presença de um farmacêutico com uma farmácia básica no local.

Essa estrutura visa promover a prevenção de doenças e o tratamento contínuo dos pacientes, evitando a troca de profissionais que frequentemente ocorre nas UBS tradicionais durante o acompanhamento da saúde dos idosos.

Saiba mais: Regras Atuais da Aposentadoria por Invalidez – Informações Específicas para Idosos

Estrutura e benefícios das UBS geriátricas para idosos

As UBS geriátricas propostas pelo deputado Padovani seriam equipadas com uma equipe multiprofissional, incluindo geriatras, psicólogos, fisioterapeutas e outros especialistas.

A presença desses profissionais é crucial para oferecer um atendimento holístico e integrado, abordando não apenas as doenças físicas, mas também os aspectos mentais e emocionais que afetam os idosos.

Essa abordagem multidisciplinar é fundamental para garantir um cuidado de qualidade e personalizado para cada paciente.

Um dos principais benefícios das UBS geriátricas seria a melhoria na continuidade do cuidado. Muitas vezes, nas UBS tradicionais, os pacientes enfrentam a troca constante de profissionais, o que pode prejudicar o acompanhamento adequado e a construção de um vínculo de confiança entre o médico e o paciente.

Com uma equipe fixa e especializada, as UBS geriátricas poderiam oferecer um acompanhamento mais consistente e eficaz, resultando em melhores desfechos de saúde para os idosos.

Além disso, a presença de uma farmácia básica nas UBS geriátricas facilitaria o acesso dos idosos aos medicamentos essenciais, reduzindo o tempo e os custos associados à obtenção desses medicamentos.

A gestão adequada da medicação é um aspecto crítico do cuidado geriátrico, pois muitos idosos fazem uso de múltiplos medicamentos e precisam de orientação especializada para evitar interações medicamentosas e garantir a adesão ao tratamento prescrito.

Veja mais: Novo RG Já Disponível para 8 Milhões de Brasileiros – Saiba Como Idosos Podem Emitir

Como os idosos podem se beneficiar dessa novidade?

A implementação das UBS geriátricas pode ter um impacto significativo na saúde pública do Brasil, especialmente em relação à prevenção de doenças e ao manejo de condições crônicas que afetam os idosos.

A prevenção é um dos pilares dessa proposta, com foco em evitar a progressão de doenças e promover um envelhecimento saudável.

Ao oferecer cuidados preventivos e tratamentos contínuos, as UBS geriátricas podem ajudar a reduzir a demanda por serviços de saúde mais complexos e custosos, como internações hospitalares.

O incentivo à formação de novos geriatras é outra consequência positiva dessa proposta.

Com a criação de mais oportunidades de trabalho e a valorização da especialidade, espera-se que mais estudantes de medicina se interessem pela geriatria, ajudando a suprir a carência de profissionais nessa área.

Esse aumento na força de trabalho especializada é essencial para atender à crescente demanda por cuidados geriátricos no Brasil.

Veja outros: Antecipação do Bolsa Família até Dezembro de 2024 Confirmada – Benefícios para Idosos!

Nicole Ribeiro

Formada em Letras - Português pela Universidade do Estado de Minas Gerais, redatora freelancer e revisora de artigos e textos acadêmicos. Apaixonada por gatos e pelo conhecimento.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo